A Newsletter é uma opção prática e rentável para manter contato entre si e o seu cliente, construindo uma ligação e disponibilizando informações pertinentes.

Então, quando enviá-la?
Apesar de depender de fatores externos, não existe uma resposta 100% correta, mas vamos deixar-lhe algumas dicas de forma a optimizar os resultados.

A maioria das empresas cria uma newsletter para enviar ao fim do dia mas devemos ter em atenção que estas ao serem processadas por esta altura são guardadas pelo destinatário, na caixa de correio para o dia seguinte. O mais provável é o cliente chegar ao computador pela manhã e eliminar grande parte das mensagens, correndo por isso o risco de nem reparar na sua newsletter, passando a ser substancialmente menor a hipótese de sucesso.

O mesmo pode acontecer ás segundas-feiras. O acumular de mensagens durante o fim de semana vai dispersar a atenção do cliente caso envie uma newsletter no princípio da semana.

A melhor forma de conseguir que a sua newsletter seja lida, é enviá-la no momento em que a caixa de entrada do seu cliente estará com menor volume. Assim, quando a informação chegar ao seu cliente, este vai ter toda a atenção dirigida a essa mensagem não dispersando por várias mensagens eletrónicas.

Newsletters enviadas periodicamente e com conteúdos adequados à necessidade do público alvo, serão sempre melhor aceites que comunicações menos trabalhadas e sem um teor de relevância para o destinatário.

Por norma os melhores horários para os envios costuma rondar o horário da manhã, pelas 10 / 11h ou então perto das 15h, pois grande parte das pessoas já verificou o seu e-mail e estará com a caixa de entrada limpa.

No entanto nada é linear e existem diversos fatores externos que podem influenciar este horário e a forma como os seus clientes lêem as suas mensagens. Na dúvida, o ideal é testar.
Faça testes em horários e dias diferentes e estude os resultados!